[ Lançamento DarkSide ] Batman: ARKHAM KNIGHT


  Batman está entre nós, ressurgindo pela caveira mais macabra do país, Darkside Books está falindo todos os leitores, inclusive a mim.

     Prestes a lançar o filme em que nosso morcego enfrenta Clark Kent, a DarkSide® Books junto com a DC Comics e a Warner (outras duas fodonas) decidiram que era hora do herói ganhar as páginas de um livro só dele, dessa vez de um dos jogos que amamos, Arkahm Knight ganha páginas com capa dura e aquela qualidade demoníaca que só dá um show em edição de luxo pra minha estante, afinal nada mais justo do que ter essa obra de arte na minha casa.


"Um dos universos mais incríveis já criados para um herói." - J.J. ABRAMS


  Se você já jogou Arkham Knight, prepare-se para reviver a história com uma resolução muito maior que a de qualquer console ou pc: a da sua imaginação. As páginas do romance têm adrenalina de sobra, e mesmo quem não é íntimo dos videogames vai se sentir explorando os becos escuros de Gotham City.
 Tudo começa um ano após a morte do Coringa. A cidade, que havia se transformado num hospício a céu aberto, finalmente volta à sua rotina normal. Mas é claro que a paz não pode ser duradoura em uma metrópole que esconde vilões como Charada, Pinguim, Hera Venenosa, Arlequina e Duas Caras.

  Desta vez, quem inicia uma nova onda de terror é o insano Espantalho. Na noite do Dia das Bruxas (31 do outubro, aniversário da DarkSide® Books!), o vilão detona um ataque químico para demonstrar o poder de sua toxina do medo. Os infectados sofrem delírios terríveis e, em seu desespero, acabam matando uns aos outros. Quase 6 milhões de habitantes fogem às pressas. Mas um certo herói jamais deixaria sua cidade natal à mercê dos bandidos.


  Com o apoio de Robin, Oráculo, Asa Noturna, Alfred e do comissário Gordon, Batman parte para a batalha. Munido de inteligência dedutiva, resistência física invejável e aparatos tecnológicos que nem os exércitos mais bem armados do mundo têm acesso, Bruce Wayne não necessita de superpoderes – o que não significa que essa vai ser uma tarefa fácil...

   Dois inimigos fatais surgem para desafiar o Homem-Morcego. O primeiro é o misterioso Cavaleiro de Arkham – um assassino com habilidades e armadura tão semelhantes às do herói mascarado que é quase como se Batman enfrentasse um clone. E para desequilibrar ainda mais essa luta, o segundo inimigo surge do nada. Mas ele não estava morto? O Coringa está de volta... ou é só um delírio? Descubra nas páginas de BATMAN: ARKHAM KNIGHT. Pronto para jogar?




  Olhem essa edição espetacular, não é possível que vocês não queiram este livro na estante, é uma obra de arte que vai entrar no cantinho junto com as minhas HQ's da Marvel e da DC obviamente.


  Para finalizar vamos conhecer um pouco sobre o autor e o tradutor, afinal a obra não viria para o português se não tivesse um tradutor fodão por trás disso e não é a primeira vez que Alexandre dás as caras por aqui.

Autor
Marv Wolfman tem superpoderes. Só isso explica a qualidade e a intensidade do seu texto. Escritor e roteirista de histórias em quadrinhos, é um dos nomes mais requisitados dos estúdios Marvel e DC Comics. Heróis do primeiro time, como Batman e Homem-Aranha, já sofreram muito em aventuras criadas por ele. Wolfman também é o autor da clássica série de HQs Crise nas Infinitas Terras.

Tradutor
Alexandre Callari é escritor, tradutor e editor de quadrinhos. Ele escreveu, entre outros, a trilogia Apocalipse Zumbi, um dos primeiros expoentes do gênero feito por um autor brasileiro e a trilogia Quadrinhos no Cinema. Entre as mais de 30 obras que já traduziu, estão Hellraiser e Os Senhores dos Dinossauros (ambos da Darkside Books). Callari é editor da DC Comics no Brasil desde 2010, tendo sido responsável pela publicação de diversas revistas, como os títulos mensais Batman, Liga da Justiça, Arlequina e Arqueiro Verde. Ele também é editor e apresentador do programa Pipoca e Nanquim, especializado em cinema e quadrinhos, atualmente um dos mais prestigiados do gênero no Youtube. Entre suas muitas atividades paralelas, Callari é artista marcial e lutador de MMA, tendo sido campeão em eventos como o Circuito Team Nogueira e a Copa São Paulo de Submission. Ele também é músico e chegou a lançar vários CDs com sua antiga banda, o Delpht.


Espero que tenham gostado, vou comprar já o meu.
Xoxo

K Riquelme

9 comentários:

  1. Olá, tudo bem?

    Nossa, estou louca por esse livro. Mais uma vez a DarkSide arrasou na edição.

    Beijos!
    Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Editora é show, pensa na falta de dinheiro e órgãos pra vender pra comprar todos.
      Xoxo

      Excluir
  2. Que edição é essa Braseeel??? Coisa mais linda! Darkside arrasa e eu tô no chão com esse livro.Quero!
    Abraços;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edição pra nos falir Rodrigo, quero só ver onde vou parar depois que comprar tantos livros.
      Xoxo

      Excluir
  3. A Darkside não é uma editora que tem muitos livros que me interessam, mas definitivamente eu compraria só pela edição, que é a coisa mais linda!
    Muito amor pelo trabalho deles <3

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pra mim ela é a queridinha, só faltam dimdim pra ter todos, eu já comprei muito pela capa, mesmo da Dark algumas não tem um bom conteúdo apesar da imagem de propaganda.
      Xoxo

      Excluir
  4. A Darkside sempre arrasando né!!! Adorei a novidade. Acho muito justo um livro só para nosso morcego favorito! hehehe E esta capa! Está linda mesmo! Arraso de produção!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me diga, essa capa é de arrasar, eu tenho as HQ's e posteres, imagina esse livro na coleção.
      Xoxo

      Excluir
  5. Olha, eu nunca fui fã do Batman, pelo menos nem sempre ou tanto assim... Mas quando vi esse livro na livraria e o abri, voltei pra casa pra assistir cada filme, para poder então conhecer o game e então para poder ler finalmente o livro, porque é IMPECÁVEL em cada detalhe, melhor que isso só se a capa tivesse a textura de um morceguinho (mas aí seria maldade com os bichinhos. D:). O.O

    Digno mesmo de uma coleção. <3

    Abraços. o/

    ResponderExcluir